23 agosto 2006

Terrorismo na Festa do Avante

Na edição deste ano da "Festa do Avante", esteve presente, além dos habituais passadores e consumidores de droga, uma organização terrorista Colombiana, chamada FARC. As FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) são responsáveis, por exemplo, pelo sequestro duma ex-candidata à presidência da Colombia. Ingrid Betancourt encontra-se sequestrada há 4 anos, por este grupo terrorista. A União Europeia, a Human Rights Watch e várias outras organizações reconhecem as FARC, como uma organização terrorista. Este grupo de criminosos, é responsável pelo recrutamento de crianças de 12 anos, através da força. Estima-se que entre 20 e 30 porcento dos combatentes da FARC têm menos de 18 anos, perfazendo um total de 5,000 combatentes.
Sempre que a "festa do avante" abre as suas portas, lembro-me sempre dos concertos nacionalistas onde a polícia monta autênticas barricadas, armados de alcoolímetros, fazendo revistas às pessoas e respectivas viaturas, procedendo a identificações, intimidações, etc... E tudo isto, num pequeno concerto onde vão 1 ou 2 centenas de pessoas. Pelo contrário, na famosa "festa da liberdade", deparamos com um espantosa permissividade das autoridades, relativamente ao tráfico e consumo de droga em doses massivas, que como toda a gente sabe, se desenrola dentro desse recinto. Desta vez, para além da droga, contamos também com a presença oficial de um grupo terrorista criminoso. Como conclusão, resta-me perguntar porque carga de águas as nossas autoridades andam a perder tempo, a perseguir os mauzões dos Nacionalistas, quando todos os anos, têm uma "festa" repeleta de verdadeiros (e agora, internacionais) criminosos?